terça-feira, 6 de outubro de 2015

MULHER AGREDIDA PELO MARIDO LIGA PRA POLÍCIA, DISFARÇA E PEDE PIZZA...veja como o caso terminou

 Mulher liga para PM e finge pedir pizza para denunciar agressões 

Image title

O que parecia ser um trote era na verdade uma solução de uma vítima de violência doméstica para pedir ajuda. Uma mulher ligou para o 911, serviço de emergência nos Estados Unidos, e pediu uma pizza.
O atendente estranhou mas na verdade ela estava ao lado de seu agressor e precisava avisar a polícia de maneira discreta. Confira o diálogo:
“- 911, qual é a emergência?
- Rua Maine, 123
- Ok, o que está acontecendo aí?
- Eu gostaria de pedir uma pizza
- A senhora ligou para o serviço de emergência
- Sim, eu sei. Quero uma pizza grande, meia pepperoni, meia cogumelo com pimentão
- Mmmm, desculpe, você sabe que ligou para o 911, certo?
- Sim, você sabe quanto tempo vai demorar?
- Ok, está tudo bem aí? A senhora está em uma emergência?
- Sim, estou
- E não pode falar porque tem alguém ao seu lado?
- Correto. Você sabe quanto tempo vai demorar?
- Tenho um policial há cerca de dois quilômetros da sua casa. Há alguma arma na casa?
- Não, até logo, obrigada”

O policial prendeu o namorado da vítima depois de confirmar que ela estava sofrendo agressões físicas há algum tempo.

Veja como denunciar a violência doméstica no Brasil

No Brasil há um número específico para receber esse tipo de denúncia,180, a Central de Atendimento à Mulher. O serviço funciona 24 horas por dia, todos os dias do ano e a ligação é gratuita. Há atendentes capacitados em questões de gênero, políticas públicas para as mulheres, nas orientações sobre o enfrentamento à violência e, principalmente, na forma de receber a denúncia e acolher as mulheres.

FONTE: CATRACA LIVRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.