quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

GAROTO DIVULGA FOTO ÍNTIMAS DA EX DE 12 ANOS NO WHATSAPP

MENINA TENTOU TIRAR A PRÓPRIA VIDA, e agora tenta se recuperar na cidade de Altos

Delegado Cadena Júnior, titular da delegacia de Altos, acompanha o caso

A delegacia de Altos, através do delegado Cadena Júnior, instaurou um procedimento administrativo para investigar a responsabilidade de um adolescente de 15 anos na divulgação de fotos íntimas de uma criança de apenas 12 anos.


Segundo o delegado, em entrevista ao 180graus, o caso chegou ao conhecimento da polícia nesta terça-feira (07/01), quando a menor teria tentado contra a própria vida. Ela inclusive ainda não foi ouvida pela polícia por conta de seu estado de saúde.
Ainda segundo Cadena, a autoria da divulgação das fotos é facilmente comprovada pelo próprio conteúdo compartilhado pelo adolescente. “Os dois tiveram um relacionamento amoroso, quando as fotos foram produzidas. Eles terminaram, e o rapaz revoltado, divulgou as imagens, onde ele também aparece”, esclarece o delegado.
Esta já vai ser a quarta vez que um procedimento é aberto contra o menor na delegacia de Altos, cidade que fica a 41 km de Teresina. Até a mãe do adolescente responde por ter entregado a moto para que ele conduzisse. “Infelizmente não houve flagrante e ele não foi apreendido, mas o rapaz é um indivíduo conhecido em nossa delegacia”, disse o delegado Cadena ao 180graus.
A criança de 12 anos, que está muito abalada, será ouvida nesta quinta-feira (09/01). O delegado explica que não haverá necessidade de apoio da delegacia de Crimes Virtuais neste caso, já que no celular do menor estão registrados os envios das imagens íntimas.

SOLIDARIEDADE NAS REDES SOCIAS 

Jovem postou mensagem de apoio à menor e de protesto contra divulgação das imagens

E revoltada com o compartilhamento das fotos íntimas da garota de 12 anos, uma jovem, que em seu perfil no Facebook se diz aluna de Direito da Faculdade Mauricio de Nassau, postou uma foto onde mostra os seios, em protesto contra esse tipo de crime virtual. “Chega de machismo, o que estão fazendo com as meninas dessa cidade que tiveram suas intimidades ceifadas é um absurdo, olhem para si, ou continuem batendo suas pu******.”, diz a jovem na postagem.
Jovem postou mensagem de apoio à menor e de protesto contra divulgação das imagens
A imagem de protesto vem sendo bastante compartilhada. “Mulher não é só peito e bunda, essa foto não me faz menos mulher. E não muda em nada o que ja fiz pra fazer um mundo melhor. Talvez por isso eu incomode tanto. Sempre estarei a um passo a frente. Não fiquem surpresos. Em nome da liberdade”, completa.

CASOS SE ESPALHAM PELO PIAUÍ

No dia 10 de novembro do ano passado, a jovem Julia Rebeca tirou a própria vida na cidade de Parnaíba depois de ter um vídeo de sexo entre ela e mais dois adolescentes compartilhado pelo WhatsApp. Ela mesma teria iniciado os compartilhamentos, que acabou se tornando um viral, levando a jovem a um estado de depressão, que acabou com o pior.

Julia Rebeca tinha 17 anos e foi achada morta enrolada no fio da chapinha

A morte de Júlia ganhou repercussão nacional, até mesmo pela onda de casos que vêm acontecendo no país. Muitas jovens estão tendo a intimidade exposta nas redes sociais, usadas de forma indiscriminada, e cada dia que passa novos casos são noticiados.

 

180 Graus